29 de nov de 2012

QUARTA ANDANÇA DO COORDENADOR

No dia 26 de novembro, a área de Ciências da Religião e Teologia, que está se tornando autônoma frente à área maior de Filosofia, reuniu-se na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, do Ministério da Educação, em Brasília. A CAPES é uma fundação do MEC que desempenha papel importante na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados da Federação, e ultimamente passou também a atuar na formação de professores da educação básica, ampliando o alcance de suas ações na formação de pessoal qualificado no Brasil e no exterior.

Hoje a nossa área reúne 18 Programas de Pós, com 15 cursos de Mestrado, 3 de Mestrado Profissional e 7 de Doutorado (veja aqui a lista detalhada dos Programas - e há mais propostas de reconhecimento em curso). Todos estiveram presentes nesse Seminário de Acompanhamento da CAPES, cujos trabalhos foram capitaneados por Haroldo Reimer, nosso coordenador adjunto na área maior, com participação de Lívio Amaral, diretor de avaliação da fundação. O objetivo da reunião foi acertar detalhes para a avaliação trienal que a CAPES realizará no próximo ano em toda a Pós do país, e mais precisamente oferecer subsídios para aperfeiçoamento do Documento de Área, especificamente de Ciências da Religião e Teologia.

Uma conclamação geral colocada pelo prof. Lívio foi na direção das atividades interdisciplinares e multi-níveis, o que está sendo reforçado por grande evento mobilizador que a CAPES promove nesses dias, o Encontro Acadêmico Internacional sobre Inter e Transdisciplinaridade no Ensino, Pesquisa e Extensão (veja aqui a programação). Depois das apresentações, os participantes trabalharam pela manhã em cinco câmaras: conceito de internacionalização de Programa, vinculações dos Programas com a educação básica e o ensino médio, detalhamento e concretização do Qualis Livros, adequação dos critérios de passagem nos estratos de avaliação dos Programas, especificidades dos Mestrados Profissionais. Na parte da tarde, esses vários aspectos da reformulação do nosso Documento de Área tiveram sugestões das câmaras de trabalho e foram discutidas e acordadas em plenário (depois de aprovadas, vão aparecer aqui na página da área na Capes e nortear a nossa próxima avaliação).

Pra terminar o périplo pela fundação, uma boa notícia imediata pro Mestrado em Ciências da Religião da UNICAP: em 2013, além das duas bolsas integrais do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP) que já recebemos da CAPES, vamos poder contar também com quatro bolsas parciais de taxas (de R$ 800,00) para os nossos estudantes, a serem distribuídas pelo mérito na seleção e atendimento aos critérios do Programa.


No dia seguinte, 26, a área voltou a se encontrar com a presença de coordenadores e representantes dos Programas, agora na UNB, por convocação da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Teologia e Ciências da Religião, para uma assembleia ordinária. Em pauta a avaliação do último biênio e o planejamento do próximo, incluindo a eleição dos Conselhos da Associação. Para o Conselho Diretor foi reeleita, com 17 votos (veja aqui como foi a eleição passada), a chapa composta por Flávio Augusto Senra Ribeiro (Presidente), Gilbraz de Souza Aragão (Vice-Presidente) e Wilhelm Wachholz (Secretário Geral). Para o Conselho Científico foram eleitos: Geraldo Luiz De Mori, Maria Clara Bingemer, Rudolf von Sinner, Érico João Hammes e Claudio Oliveira Ribeiro. Para o Conselho Fiscal foram eleitos: Élio Estanislau Gasda, Fernanda Lemos e Manoel Ribeiro de Moraes Júnior.

Destacamos, dentre os encaminhamentos tomados pela assembleia, a preparação de uma apresentação da epistemologia das ciências da religião e teologias para o colégio de Humanidades da CAPES, tendo em vista a implementação da autonomia da nossa área, bem como dos contatos formais junto ao CNPQ para adequação da "árvore do conhecimento". Lembramos que a proposição da ANPTECRE é de que a nova área de "Ciências da Religião e Teologia" tenha a seguinte nomenclatura para as especialidades da Árvore do Conhecimento: Epistemologia das Ciências da Religião, Ciências da Linguagem Religiosa, Ciências Empíricas da Religião, Ciência da Religião Aplicada, Teologia Fundamental-Sistemática, Tradições e Escrituras Sagradas, História das Teologias e Religiões, e Teologia Prática.

Destaque também para a continuidade da Câmara do Qualis Periódicos (formada por Haroldo Reimer, Gilbraz Aragão e Wilhelm Wachholz, com colaboração do nosso Fórum de Editores), que está acolhendo pedidos de reconsideração na avaliação das revistas da área, e para a instalação da Câmara do Qualis Livros (composta por Matthias Grenzer, Agenor Brighenti, Geraldo Luiz De Mori, Leonildo Silveira Campos e Afonso Maria Ligório Soares), que está finalizando os critérios para avaliação dos nossos livros e capítulos e fará uma pré-avaliação dos mesmos - em função do que ficou definido que os Programas deverão enviar a produção trienal acrescida das respectivas fichas para o endereço da ANPTECRE em São Paulo, até a última semana de abril de 2013.

Assim, como boa parte da avaliação dos Programas recai sobre as publicações acadêmicas, se tudo der certo teremos uma avaliação do triênio bem processual e participativa. Inclusive, a assembleia fez também a indicação de nomes para submissão à CAPES, em vista da comissão (a ser composta por seis membros) para a avaliação trienal: Rudolf von Sinner, Luiz Carlos Susin, Maria Clara Lucchetti Bingemer, Marcelo Camurça, Élio Estanislau Gasda, João Décio Passos, Mary Rute Esperandio, Luiz Carlos Luz Marques, Paulo Agostinho Nogueira Baptista e Neide Miele. A assembleia sugere que entre os quatro primeiros (com experiência em avaliações anteriores) sejam escolhidos dois e os restantes entre os nomes seguintes. 

Por fim, foi solicitado ao GT Educação e Religião da ANPTECRE que acompanhe e assessore a definição político-pedagógica do formato do Ensino Religioso no Brasil e da formação de professores para esse componente curricular. E a comissão organizadora lançou uma chamada para proposição (até 25 de março próximo) de sessões temáticas e indicação pelos colegiados (até 3 de dezembro!) de nomes para as mesas de debate que comporão o IV Congresso Nacional da ANPTECRE, a se realizar de 4 a 6 de setembro de 2013 na UNICAP, em Recife/PE. Vamos arrumar a nossa casa, pois, e ensaiar logo um frevo rasgado, pra acolher em nosso campus essa área de conhecimento que cresce e amadurece no país!

Gilbraz.

Mais andanças: terceira, segundaprimeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!