29 de dez de 2012

MAIS AMOR




Se você passar perto da Jaqueira na próxima segunda e um(a) desconhecido(a) lhe der um cheiro, não precisa correr: o manicômio da Tamarineira fica próximo, mas certamente você estará sendo abordado por um "maluco-beleza". É que tem um movimento bonito surgindo do Recife para o mundo: O Novo Jeito! Esse grupo "tem a vocação de tocar corações, mudar comportamentos, realizar ações solidárias, criar movimentos, para que mais e mais pessoas possam trabalhar, dormir, comer, estudar e ter uma vida mais digna em todos os aspectos. Queremos promover o bem comum, a justiça, os sonhos, vamos promover O Reino do Bem", é o que declara seu blog.

E para encerrar as campanhas de solidariedade que já fez este ano, o grupo vai promover a mobilização "Mais Amor": acontece no Parque da Jaqueira, Zona Norte do Recife, a partir das 9h deste 31 de dezembro. O objetivo é ir além dos desejos de feliz ano novo e levar amor às pessoas, distribuindo flores e abraços no último dia de 2012. A ação acontece também na mesma data em locais públicos de mais cinco cidades brasileiras: Serra Talhada, Sertão de Pernambuco; São Luís, no Maranhão; Natal, no Rio Grande do Norte; Patos, na Paraíba e Marília, no interior de São Paulo.

"As pessoas têm se distanciado umas das outras. Queremos promover o amor entre elas", afirmou o coordenador da ação e idealizador do grupo, Fábio Silva. Ele declarou ainda que o Mais Amor é uma ótima oportunidade para se fazer novas amizades. É mais um testemunho das experiências de espiritualidade civil e/ou trans-religiosa que estão surgindo pelas nossas praças e ruas, criando lugares melhores por esse mundo afora: dentro de um abraço, por exemplo...

Um comentário:

  1. Queridos colegas do Mestrado,
    O mundo não acabou como muita gente acreditava. Um final de ano está acontecendo, mas logo que se acabe, outro desponta para nos encher de esperanças, principalmente, de uma sociedade em harmonia.
    A verdade é que o conjunto de ações que implementamos no dia a dia estão encadeadas numa relação de causa e efeito, regulada pela lei de Deus: " Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. E cada vez que distanciamos desses ensinamentos julgamos que o mundo, feito por todos nós, não é justo, não está bom.
    As descobertas e os inventos devem ajudar a sociedade, cada vez mais, a ser confortável e feliz. No entanto, o que presenciamos, é uma rotina acelerada, sem tempo para ouvir o próximo, sem tempo para contemplar a natureza e a própria vida, sem tempo para silenciar para perceber o que diz o nosso interior.
    Somos contemporâneos de uma viagem magnífica, que passa rapidamente. Se não dermos conta do que estamos fazendo, deixamos de aprender, de desfrutar o que a vida tem a oferecer para o nosso desenvolvimento como gente.
    Estamos num mesmo barco! E, por pensarmos muito individualmente, na competitividade acirrada, na obtenção de lucros não importando os meios, o mundo que é coletivo adoece, porque as pessoas adoecem e, conseqüentemente, quem liderou os acontecimentos julgará o mundo como não desejável para sua vida. Mas é assim a lei de Deus: simples, compreensível para todos, funcional e justa.
    Que nas pequenas ações do dia a dia possamos realizá-la pensando simplesmente no bem comum, e teremos como conseqüência uma viagem de contemplação, de alegria, de paz, confiante nas pessoas que nos rodeiam.
    Desejamos um 2013 coberto de saúde e de crescimento profissional e espiritual.
    Com muito carinho e admiração,
    Álvaro Cavalcanti e Ana Lisboa.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!